Maktub: as profecias jurisprudenciais

by

Para quem não lembra, após consultar os astros, escrevi um post profético, no começo do ano, fazendo algumas previsões jurisprudenciais:

* Ainda este ano, o Supremo Tribunal Federal decidirá, por maioria, que o Código Penal brasileiro não pode ser interpretado no sentido de criminalizar o aborto de fetos anencéfalos.

* O Supremo Tribunal Federal decidirá, por unanimidade, que os programas de ação afirmativa como o estabelecido pelo Prouni são, em princípio, constitucionais. É provável, porém, que alguns critérios adotados pelo governo para selecionar os beneficiados sejam considerados como irrazoáveis.

Que tal?

***

A propósito, não me perguntem sobre o mensalão, pois, ao consultar os astros sobre isso, só vejo buracos negros.

 

 

Anúncios

3 Respostas to “Maktub: as profecias jurisprudenciais”

  1. Marcelo Says:

    Caro George…
    Faltam 4 ações de extrema importância a serem julgadas pelo Supremo. Quilombos (com pedido de vista do Ministro Ricardo), Mensalão, Expurgos da Poupança e Desaposentação. Quanto aos expurgos da poupança a jurisprudência nacional, de todos os juízes, de todos os TJ´s e TRF´s, do STJ (inclusive com julgamento no sistema de recurso repetitivo) bem como a própria jurisprudência uníssona (não há divergência) do STF, quanto ao plano verão e plano Collor I (valores não bloqueados), são favoráveis aos poupadores. Vossa Excelência arriscaria alguma “previsão” nestes casos?

  2. Fred Vilar Says:

    George, tenta então uma previsão a respeito da repercussão geral nos Planos Collor (!). Essa é mais fácil… rsrsrs…. Boa semana a todos!

  3. Advogado - Foz do Iguaçu Says:

    Astrologia jurisprudencial?

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: