2010

by

Não, não abandonei o blog. Aproveitei esse período de festas e de recesso forense para “cair de cabeça” nos meus projetos acadêmicos, pois, durante o período de trabalho, isso é impossível. Tem sido um momento muito intenso e produtivo. Tentei conciliar a pesquisa para  tese com a prática do inglês, já que devo participar de um curso em Denver, durante o carnaval. Por isso, assisti  a todos os episódios do curso “Justice”, do Michel Sandel, e ouvi um curso intitulado “How Judges Reason”, de  Stephen Mathis. Afora isso, li alguns livros em inglês para ir aquecendo.

Mas não fiquei só lendo. Percebi que estou com muita informação acumulada que precisa ser externada senão ela vai se perder na minha cabeça. Para mim, é mais fácil colocar as idéias em ordem depois de escrevê-las. A escrita me obriga a ser mais sistemático e coerente. Por isso, como fruto de toda essa pesquisa, resolvi elaborar uma espécie de “guia” sintetizando tudo o que tenho aprendido e que acho que vale a pena ser sintetizado. O principal beneficiário desse guia será, em princípio, eu mesmo, pois só assim conseguirei produzir com mais liberdade para depois aproveitar para a tese o que for mais relevante.

Mas também pretendo ajudar os estudantes  neófitos a compreenderem melhor o direito.  O guia é quase uma “Introdução ao Direito”, só que bem mais divertida e mais agradável em relação ao que se vê no mercado. Inspirei-me diretamente no estilo dos professores norte-americanos que tenho acompanhado. Nesse ponto, eles são excelentes. O livro já está bem adiantado (com mais de duzentas páginas), mas não pretendo publicar agora. Vou primeiro fazer um teste com os meus alunos de filosofia do direito e de introdução ao direito para ir melhorando aos poucos até ficar num nível que seja digno de publicação.

Em breve, vou postar o capítulo sobre o conceito de direito aqui no blog para receber um feedback.

No mais, desejo a todos um excelente 2010 e espero poder continuar contando com a colaboração de vocês neste ano que promete ser tão ou mais produtivo do que os anteriores.

***

Ah, e não abandonei o projeto do livro “Pensar Direito”. Só deixei um pouco de lado em razão do doutorado. O livro exigia um aprofundamento em muitos temas paralelos (como lógica e argumentação), que só deverei encarar na fase final da pesquisa. Por enquanto, tenho que conhecer a fundo algumas teorias básicas da filosofia do direito, que serão exploradas na tese.

Muita gente pensa que basta ler John Rawls, por exemplo, para conhecer a teoria de John Rawls (ou de Dworkin, ou de Habermas, ou de Kant, ou de Hart, ou de Mill, ou de Locke e assim por diante). Na verdade, aprende-se muito mais sobre a teoria dos grandes pensadores através das críticas feitas por comentaristas e estudiosos especializados. Então, hoje, o que estou fazendo, é tentar não apenas ler os grandes filósofos do direito (muitos dos quais, eu já havia lido no mestrado), mas conhecer as diversas interpretações que são feitas a respeito de suas teorias. E isso é novidade para mim e tem sido muito proveitoso, apesar de dar muito trabalho.

Anúncios

17 Respostas to “2010”

  1. Rafa Says:

    Que bom tê-lo de volta!

  2. PRDJ Says:

    Aguardamos ansiosos a Introdução!

  3. Denis Van Says:

    Bom dia, Professor,

    A julgar por seus artigos (simples, inteligentes e inteligíveis!…rss) seus livros serão um sucesso.
    Como neófita no mundo jurídico, (2º sem) sei que tenho muito a aprender com profissionais assim, que valorizam o conhecimento, não como ferramenta prática, mas como guia para a vida… Há muitos manuais que “ensinam” como passar em concursos. Mas ainda não sei bem como buscar a qualidade em meu processo de aprendizagem. Bem, acho que essa dúvida já é um começo não? Um abraço.

  4. Fabrício Fernandes Andrade Says:

    George, acabei de enviar o e-mail com o meu endereço. Obrigado.

  5. Renee Souza Says:

    Dr. George,
    Seria legal se vc disponibilizasse algumas bibliografias dessas leituras para nosso conhecimento. Muito bom o blog e a sua iniciativa em orientar passo a passo os leitores.
    Parabéns.

  6. Leandro Santos de Aragão Says:

    Faz no estilo estória em quadrinhos (sem brincadeira). O Warat fez um livro sobre Kelsen e a teoria pura do direito em quadrinhos. É sensacional! Fica a sugestão.

  7. Daniel Says:

    Dr. George,

    Uma boa ideia para um futuro livro é administração do tempo para profissionais do Direito.

    É impressionante a quantidade de trabalhos simultâneos, além da intensa atuação jurisdicional!

    Parabéns.

  8. Guilherme Feldens Says:

    Um feliz 2010 pro senhor tambem.
    Que este seja um ano produtivo para todos nós, e que os bons assuntos aqui perdurem.

  9. Edmundo Junior Says:

    Professor estava esperando suas postagens. Bom 2010 e felicidades. Sou visitante frenético do blog. Estou lendo os textos indicapor por sua pessoa. Estou fazendo pós na escola do MP aqui no DF. Obrigado e felicidades.

  10. BOLANOS Says:

    Quero ser igual ao George quando crescer. Em pleno carnaval, um pacote de estudos hehehe abraco

  11. Joao Paulo Says:

    Tenho visto muita filosofia do direito de pessimo gosto…. De que adianta fazer um LIVRAo com filosofos de A a Z? 3 paginas para Kelsen…. uma para habermas… as fases de dworkin…. kkkkkkkk bando de capitalistas esses livreiros…. no final o estudante nao sabe merda nenhuma…. Alias, sabe sim… Sabe que o KELSEN eh o homem da piramide…. GRANDES MERDAS!

    Acho eh pouco: BANDO DE BURGUESINHOS… filhotes de papai na faculdade…. ESSAS PORRAS DESSES MANUAIS SAO FEITAS PRA VOCES MESMOS…. !!!!!

    Isso nao eh diferente do que ocorre nas aulas de filosofia de direito nas faculdades…. Muita informacao…. UMA VONTADE LOUCA DO PROFESSOR DE ESGOTAR TODOS OS FILOSOFOS… como se isso adiantasse alguma coisa….

    Balela…. MELHOR PEGAR OS HARD CASES para analisa-los, averiguando se ha ALGUM FUNDO DE FILOSOFIA DE DIREITO na decisao… No entanto, com esses pseudo-ministros por aih…., CUJOS ACORDAOS SAO FEITOS POR PSEUDOS-JURISTAS (ANALISTAS JUDICIARIOS)…. acho dificil encontrar algum material interessante.

    PROPOSTA: A aula de filosofia do direito deve ser HORARIO VAGO… uma permissao para que os estudantes leiam algum filosofo do direito…. SE NAO QUISEREM… QUE FUMEM UM CIGARRO NO PATIO. Eh claro que com isso nao aprenderao muita coisa…. jah que muitos nao TEM ESPIRITO CRITICO NENHUM,… No entanto, pior SERIA COMENTAR SOBRE QUEM ELES NAO SABEM uma linha….Afinal, ninguem pode se interessar por ALGUEM QUE NEM SEQUER CONHECE.

  12. Raquel da Veiga de Meneses Says:

    Como profissional da área de informação jurídica, estou adorando ler os posts e também os comentários constantes neste Blog. Parabéns.

  13. Carlos Says:

    O ambiente acadêmico deve prezar pela diversidade de opinião.Sou contra qualquer espécie de totalitarismo.Então, se alguém escreve sobre filosofia do direito, onde o terreno é fértil para a dogmática jurídica, só devo parabenizar esses professores que bem ou mal se propõe a trilhar esse caminho.

    Tem um professor da USP ( Alysson Mascaro) que tem livros introdutórios ótimos sobre filosofia e sociologia do direito.Embora, se perceba que faz uma leitura Marxista do direito nem por isso deixa de desconsiderar a análise de filósofos mais ligados ao liberalismo jurídico.Acho meritório isso e na verdade, penso ser essa a função do educador.Trazer informações diversas sobre determinado fenômeno.

    Particularmente, não iria gostar e nunca gostei de professor que trabalha com a idéia de pensamento único.E cá pra nós, dentro do direito por um série de razões há muito dificuldade de sair dessa moldura.

    George,obrigado pelo Blog.

    Abraços

  14. Fábio Schlickmann Says:

    Parabéns pelo blog!

    O tema da minha dissertação de mestrado foi os direitos fundamentais e o neoliberalismo, este como antítese às conquistas que deram origem aos Direitos Fundamentais de segunda geração.

    Um forte abraço
    Fábio Schlickmann
    http://prestandoprova.blogspot.com/

  15. AZ Ofertas Says:

    Parabéns pelo blog.

    Tenho uma sugestão para você. Com um programa de afiliados como o do http://www.azofertas.com.br/afiliados você pode ganhar dinheiro com seu blog. É a chance de unir o útil ao agradável!

  16. AZ Anúncios Says:

    Se precisar de um bom site de anúncios para imóveis, veículos, serviços, cursos, vagas de emprego e outros dê uma olhada no http://www.azanuncios.com.br

  17. Alditan Says:

    Parabéns professor pelo se retorno ao blog, aprendi a ler seus artigos pela indicação do meu professor de constitucional, estou aprendendo muito com o senhor, o seu retorno foi fenomenal com seu voto a respeito do caso do estrangeiro com enfermidade no brasil, gostei e concordo. parabéns mais uma vez.

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: