E vai rolar a festa…

by

Nos próximos dias, teremos diversos eventos que merecem uma divulgação aqui no blog.

Pra começar, no dia 24/10, o meu amigo André Dias Fernandes, juiz federal aqui no Ceará, lançará o seu livro “Eficácia das Decisões do STF em ADIN e ADC”, durante o encerramento da VII Semana FA7 de Direito, às 21 horas. A apresentação do livro ficará a cargo do Min. Napoleão Nunes Maia Filho, do STJ.

Haverá outro lançamento do mesmo livro, na Seção Judiciária da Justiça Federal do Ceará (prédio do Centro), no dia 29/10, às 17 horas, durante o Congresso Franco-Brasileiro de Direito Constitucional, após a palestra do professor Paulo Bonavides.

Um detalhe interessante: o André foi, para a minha turma da faculdade, uma espécie de “lenda”, pois, quando ele ainda não havia terminado nem o segundo semestre, escreveu um texto fantástico sobre controle de constitucionalidade que ficou na história da faculdade de direito da UFC. Era um estilo de linguagem bem erudito, que impressionava os estudantes neófitos como eu, e, ao mesmo tempo, profundo, típico de quem sabia do que estava falando mesmo estando ainda no início da graduação.

O livro “Eficácia das Decisões do STF em ADIN e ADC” é fruto de sua dissertação de mestrado e tem tudo para empolgar. O livro está disponível para venda no site da JusPodivm (é só clicar aqui). Ah, e o prefácio foi escrito pelo Ives Gandra, demonstrando o prestígio da obra e do autor. (Quem pode, pode).

**********************************************

Agora, alguns eventos ligados ao lançamento do meu Curso de Direitos Fundamentais:

Dia 22/10 – na FA7

O lançamento “oficial”, para o meio acadêmico, ocorrerá no dia 22/10, na FA7, na abertura da VII Semana FA7 de Direito, às 19:00. Na ocasião, proferirei uma palestra sobre os direitos fundamentais e, em seguida, o Professor Hugo de Brito Machado fará a apresentação do livro.

Dia 29/10 – na Livraria Acadêmica – 19 horas

Haverá, também, um lançamento no dia 29 de outubro, às 19 horas, no Espaço Luiz Herrmann, da Livraria Acadêmica, na rua Costa Barros, 901, Aldeota. Como o lançamento do livro do André foi marcado para o mesmo dia por uma infeliz coincidência, o que sugiro é o seguinte: compareça ao lançamento do livro do André e, quando terminar o evento, dê uma passadinha na Livraria Acadêmica, que é pertinho do prédio da Justiça Federal (Centro).

Clique aqui para ver o convite.

Dia 13/10 – Sobral/Ce

Também haverá um lançamento do livro em Sobral, durante o “Seminário 20 anos da Constituição Federal e 3 Anos de Instalação da Justiça Federal em Sobral”, no período da tarde, no Auditório Central da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Na ocasião, palestrarei sobre… direitos fundamentais.

Dia 20/10 – Recife/Pe

No dia 20/10, estarei em Recife/PE para proferir uma palestra sobre direitos fundamentais, às 16 horas, no Auditório do 3o andar, do anexo 2, do prédio da Justiça Federal em Pernambuco.

Dia 23/10 – Juazeiro/Ce

Estou programando uma palestra em Juazeiro/Ce, mas ainda não está 100% confirmada. Depois dou mais notícias.

***************************

Finalmente, gostaria de agradecer pelos inúmeros convites que estou recebendo para palestrar pelo Brasil afora. Ao mesmo tempo, gostaria de pedir desculpas por não estar mais podendo participar de mais nenhum evento a partir de novembro. É que a perspectiva da viagem para Portugal me pegou de surpresa e, por isso, tenho, contra a minha vontade, que declinar os convites que me chegam. Mas não se preocupem que volto e certamente surgirão outras oportunidades.

*************************

A última:

apesar de ainda não ter sido oficialmente lançado, já tenho recebido algumas mensagens elogiosas a respeito do livro, o que certamente é mais importante do que os R$ 6,60 que recebo por cada livro vendido (se bem que o dinheiro ajuda, especialmente com o euro subindo a cada dia :-)).

Uma dessas mensagens foi enviada pelo meu amigo Mário Jambo, juiz federal no Rio Grande do Norte, e foi bem legal. Eis suas palavras lançadas na lista dos juízes federais:

Colegas,
Hoje adquiri o livro “Curso de Direitos Fundamentais” de autoria do colega George Marmelstein. O livro é maravilhoso, com uma abordagem diferenciada do tema. Dá para perceber que foi realizado com alegria e muito carinho.
George, como nada é perfeito, sou obrigado a dizer que faltou, apenas, você colocar na capa: “Cuidado!! essa leitura pode viciar” .
Fraternal abraço e parabéns!!
Mário Jambo
Advertisements

10 Respostas to “E vai rolar a festa…”

  1. LINCON FALCAO Says:

    Livro de capa dura…. deve custar no minimo uns 50 mangos. Muito caro para mim, jovem estudante de escola publica.

    Preferi gastar minha verba destinada a compra de livros – 1oo reais ao ano – como o livro do Alexy: Teoria dos direitos fundamentais, 78 reais. Caro com certeza, mas barato em relacao a qualquer manualeco que se limita a repetir o que ja estah contido na INTERNET – jurisprudencia, votos isolados de ministros, jurisprudencia estrangeira em cusparadas, totalmente fora do contexto da realidade patria. AINDA ASSIM, nao custam menos que 50 reais… um absurdo!!
    Agradeco a noticia postada aqui na blog sobre o lancamento do livro do Alexy em portugues.
    Fica a dica para os demais colegas: o barato pode sair caro…

  2. George Marmelstein Says:

    Lincon,

    como não sei se você está falando do livro do André ou do meu, digo o seguinte:

    o livro do André não é de capa dura. Ele custa apenas R$ 34,00 (com desconto) e tem mais de trezentas páginas. E com certeza não é uma mera reprodução de decisões do STF.

    Quanto ao meu, realmente, na sua situação, não vale a pena comprar. Se você somente dispõe de R$ 100,00 por ano para comprar livro, há outros muito mais importantes do que um Curso de Direitos Fundamentais escritos por um autor desconhecido, que não tem a genialidade de desenvolver nenhuma teoria revolucionária, além da katchanga.

    Recomendaria o do Sarmento, o do Sarlet, o do Dimoulis, o do Paulo Bonavides, o do próprio Virgílio e, por que não?, o do Alexy. Não há qualquer ironia aqui. São livros muito melhores do que o meu e posso me orgulhar de ter subido no ombro desses gigantes para escrever o meu.

    Aliás, eu nem me preocuparia em comprar esses livros, pois o melhor para um estudante é construir uma base filosófica mais sólida. Vá nos clássicos, nas edições de bolso, que são bem econômicas. Com R$ 100,00, você compraria uns vinte livros dos filósofos gregos e dos cientistas políticos do iluminismo. Comece por eles que vale a pena.

    George

  3. Hugo dias perpetuo Says:

    Que nada Lincon, sou academico no 3 semestre ainda, e tambem ñ tenho dinheiro pra comprar esse livro, mas ai, to vendendo cerveja na frente das festas….aahahuahauha, e quando pintar uma sobra,, vai ser a primeira coisa que eu vou fazer, o problema é que nao pinta a tal sobra…….hauhaauha,,,,,,,,,, ta frodysss, bem que o George podia arruma um mais baratinho pra gente neh…..rssssss,,, zuera,, vale a pena sim, ele tem uma visao diferenciada….

    Hugo

  4. Raul Nepomuceno Says:

    “Lincon Falcão”…

    HAUhuHauhauhAuahuahuAhUA

    Vai treinar pro seu campeonato de “queda de braço”, rapaz, que é o melhor que você faz. Ficar na internet ridicularizando gratuitamente o trabalho dos outros não vai fazer você conseguir o seu caminhão tão sonhado!

    Cada um que aparece…

  5. Adriano Costa Says:

    Raul, esse aí é a mistura do Superego Brain com o Flávio Jorge (você não conhece, mas o George sabe a quem estou me referindo…)
    Hahuhauhauhauhuau

  6. marcelo barbosa Says:

    George,

    vou tentar aparecer na palestra aqui em recife, além de assisti-la tietarei um autógrafo no meu exemplar que já adquiri na semana passada, tinha acabado de chegar na livraria, isso, claro, se for permitido o acesso do público que não é do trf.

    aproveitando a sua visita à capital pernambucana, vou lhe contar uma pitoresca e porque não triste historinha.

    acho que ano passado, carnaval de 2007, eu e um amigo com suas respectivas famílias fomos estacionar os carros na rua em frente à escola da magistratura federal, que certamente vc conhece, pois bem, fui surpreendido pelo vigilante da escola de que não poderia ali estacionar porque não era magistrado ou funcionário do trf. só conseguimos manter os veículos ali estacionados porque confirmei a pergunta do vigilante de que eu era procurador, certamente feita pressionado pela minha notória indignação, intuitivamente percebeu que compraria briga, talvez se soubesse que era procurador municipal não tivessse nem deixado.

    essa prática de via pública com destinação específica para o judiciário não é novidade aqui em recife, a justiça do estado a pratica descaradamente há décadas, pessoalmente acho até razoável que isso ocorra em horário de trabalho, melhor de que sejam entregues aos flanelinhas ou, pior, a alguma empresa privada para explorá-las, mas nunca, como ocorre, com base em uma resolução já revogada do denatran ou conatran.

    após o incidente, fui brincar, mas o aborrecimento teimou em não sair da minha cabeça, por mais que me esforçasse para esquecer. como pode, em pleno período monesco o trf se apossar da via pública para fazer estacionamento exclusivo dos seus!!! é um abuso de poder, quem eles pensam que são, acham que estão acima da lei? mas minha indignação durou até retornar ao carro para ir pra casa, quando constatei que a simpática pracinha que fica entre a esmafe e o trf estava invadia por carros de foliões, todos estacionados sobre a grama, suas calcadas e demais espaços públicos, no lugar da raiva fui tomado por profunda tristeza.

    moral da história: os juízes somos todos nós.

  7. LINCON FALCAO Says:

    Sua postura (a de puxar saco do George a cada post) tambem nao lhe trarah um caminhao, nem de rolima.
    Nao estou interessado em quedas de braco, alias, se nao se lembra, o FALCAO DESPREZOU um caminhao novinho do velhinho endinheirado do filme. Pela idade que deve ter, nao se lembrarah dessa parte. Em resumo, tanto o Falcao como eu nao queriam o PODER.

    Eh a minha dica pro George: Melhor do que a FAMA de ver seus livros em prateleiras de boas livrarias eh disponibilizar sua obra para quem quiser ver.

    Faca como o Marcelo Camelo…. Um cantor conhecido… que venderia fatalmente milhares de copias… com um disco liberado na INTERNET.

    Fiz soh uma critica ao George, eh soh isso Ooo sr de sobrenome farto, mas de palavras mesquinhas….

    saudacoes…

  8. George Marmelstein Says:

    Essa do caminhão foi muito boa.

  9. LINCON FALCAO Says:

    A postagem anterior foi para o NEPOMUCENO. Nao tinha visto a piadinha jocosa do sr. Adriano Costa. Tambem tenho um conceito resumido de vossa senhoria:

    COADJUVANTE.

    saudacoes

  10. Natalia Nara Says:

    Eu quero parabenizá-lo DR. George pela maravilhosa palestra acontecida em Sobral dia 13!
    Muito obrigada por contribuir tão brilhantemente para nosso aprendizado!

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: