Um comentário assustador

by

Lá no post sobre a censura na música, recebi um comentário de um tal de Luciano que me assustou, sobretudo porque o referido comentarista é Policial. Eis o teor:

“Sou Policial Militar em São Paulo e vou te dizer uma coisinha, quando detemos alguns meliantes que espalham suas apologias ao crime usando esta porcaria de musica RAP, os nossos proprios Delegados , muitas vezes nao se interessam no caso e dificilmente fazem um boletim de ocorrencia, e quando vai para justiça nunca da em nada, pq a maioria é negra e a justiça teme em condena-los por parecer uma decisão RACISTA.
Oras bolas, agora quando é um branco exaltando sua cor e seu grupo etnico é chamado de racista e nazista e o mundo cai em cima dele.
Eu posso formar uma banda chamada RAÇA NEGRA mas não posso formar uma chamada ETNIA BRANCA.
Tenho orgulho de ser branco, como minha esposa tem orgulho de ser pernambucana, meus amigos negros tem orgulho de serem negro e eu os exalto por isso, agora o negro que aparece falando que a RAÇA negra é
injustiçada ele se equivoca porque ele deve estar falando de macacos porque raça é para animais.
…Havia me esquecido de dizer que sou formado em História pela Unicsul, e tenho uma minha opnião formada em relação ao fato do aumento inevitavel da apologia e aceitação constante do nazismo,
em primeiro lugar vem a farsa historica do holocausto, nunca provado e nunca permitido que fosse investigado!
Holocausto em primeiro lugar foi o nome biblico dado as oferendas ao Senhor nosso Deus, eram animais que eram sacrificados…
O povo judeu não aceita a Biblia como realmente é, se auto denomina o povo escolhido ainda nos dias de hoje sem ao mesmo aceitarem Jesus como seu unico salvador.
A propósito, os crimes mais graves provados e assumidos naquela época foi Nagasaki , Hiroshima e Dresden.
Segundo lugar o Nosso Herói Silenciado duplamente RUDOLPH HESS, privado de sua liberdade e impedido de falar por 46 anos, prisioneiro unico em uma prisão enorme, usava um passometro, ele só podia dar 1500 passos por dia e tinha visitas uma vez ao mes por 15 minutos,
quando o mundo ouviu os apelos de familiares e varias outras entidades inclusive de Moscou,para ser liberto, se suicida na prisão!
Isso são apenas dois exemplos da farsa Ocidental sobre o Nazismo, e o Mais impressionante é o poderio Judeu Mundial proibindo o Revisionismo Historico, em todos os sentidos e nao só sobre a 2 grande guerra.

Um abraço a todos amantes de Historia.”

Como este blog é compremetido tanto com a liberdade de expressão quanto com a proteção à dignidade humana, preferi não apagar o comentário, mas, ao mesmo tempo, exercendo um legítimo de resposta, apresentei o seguinte comentário:

“Não tenho a menor dúvida de que a história da Segunda Guerra Mundial que a gente conhece é a história dos vencedores. Os aliados, com toda certeza, cometeram tantas atrocidades quanto os nazistas, mas uma coisa não justifica a outra.

Hitler montou uma fábrica de extermínio não apenas de judeus (que também não são inocentes na história), mas de outras minorias, inclusive deficientes físicos e homossexuais. Já que você é estudioso de história, deve saber disso.

Se não foram cinco milhões de judeus mortos, mas apenas um milhão, faz alguma diferença?

No mais, suas palavras demonstram um ódio pelo ser humano que não é compatível com a farda que você veste. Sua função exige uma empatia pelo próximo que talvez lhe falte.

Só para esclarecer: ter empatia é ser capaz de se colocar no lugar do próximo, indepedentemente de quem seja o próximo. É sofrer com o sofrimento alheio. É se preocupar com a dignidade de qualquer ser humano pelo simples fato de ser humano.

Por isso, com sinceridade e sem qualquer intuito de menosprezá-lo, recomendo que faça um tratamento psiquiátrico e reflita mais sobre os seus valores. Será que você gostaria de ter nascido judeu na Alemanha durante o regime nazista? Pense nisso…

Será que você gostaria de ter nascido negro durante o regime escravocata brasileiro?

Os negros precisam mesmo reforçar o orgulho pela sua raça, pois foram menosprezados por toda a história do mundo ocidental. Os brancos, pelo contrário, já estão por cima em todos os aspectos: político, social e econômico. Então, para quê estimular o “orgulho branco” senão para estimular o preconceito?

Poderia continuar, mas tenho certeza de que você não assimilou nenhuma das palavras acima, pois você não está aberto para ouvir a opinião alheia. E falta de tolerância é o principal obstáculo de qualquer diálogo.

George Marmelstein

PS1. Não sou judeu, nem pretendo ser, nem sequer conheço pessoalmente qualquer judeu. Mas meu avô já foi e foi preso e perseguido durante a Segunda Guerra Mundial pelo regime de Hitler. Teve que fugir para o Brasil, para minha felicidade, pois talvez eu não teria nascido…

PS2. Me senti na obrigação de fazer essa resposta, pois este blog tem como principal objetivo divulgar os valores ligados à dignidade da pessoa humana, o que não é compatível com a opinião de alguém que, expressamente, defendeu um regime que fez tudo para destruir o sentido de dignidade humana.

PS3. Outra característica deste blog é a abertura para o debate, enquanto o debate estiver num nível de tolerância aceitável. Este blog é intolerante em relação à intolerância. Por enquanto, nunca tive razões para excluir qualquer comentário, nem pretendo fazê-lo em relação ao comentário do Luciano…”

Advertisements

10 Respostas to “Um comentário assustador”

  1. André Says:

    Prezado George:

    Lamentável este comentário do Luciano, realmente.
    Sou judeu e estou acostumado a ver (e ouvir) absurdos como este rotineiramente.
    A questão do Holocausto é uma delas…não importa se foram 6 milhões ou 100.000 mortos pelos sanguinários de Hitler.

    Não acredito tampouco que Israel é um Estado santo, porém, comentários como este do Luciano com certeza não enobrecem a paixão pelo debate.

    O mais interessante no comentário é que o Sr. Luciano, ao que me parece, realmente acredita que a verdade dele é absoluta…que todos os judeus deveriam aceitar a bíblia como única salvação e verdade.

    Este etnocentricismo é lamentável nos dias de hoje…a religião judaica é maior que uma simples religião…é um povo, uma tradição…nós acreditamos e pregamos o monoteísmo e, não é só por este motivo que discriminamos os politeístas ou, ainda assim, acreditamos que somos os portadores da suprema verdade e salvação.

    Acreditar, nos dias de hoje, que existe apenas uma verdade, é retroceder aos tempos de Hitler.

    Obrigado por abrir este espaço para um debate sadio e equanime.

    Abraço

    André

  2. Adriano Costa Says:

    Beleza de post, Big George. A situação ilustra caso típico de “discurso do ódio”, que não é tolerado nem mesmo nas democracias mais liberais. Nada como uma boa polêmica para mexer com os leitores do blog!
    Apenas uma curiosidade: “Marmelstein” não soa um pouco judeu?
    C O E X I S T !

  3. Diogo Bacha e Silva Says:

    Simplesmente fantástico George!!!!!!!Na verdade podemos enxergar pelo menos uma coisa boa no regime nazista (se é que existe alguma coisa boa), o resgate da moral nos regimes políticos e a evolução dos direitos humanos em nível global. Se podemos hoje discutir e refletir acerca dos direitos fundamentais, bem como buscar a máxima eficácia dos mesmos, isto se deve ao que Hannah chamou de ” banalização do mal”. Infelizmente, para chegarmos ao atual nível de respeito e promoção dos direitos humanos, foi necessário que milhões e milhões de Judeus, Americanos, Alemães mesmo, Italianos, Brasileiros, dentre outras etnias, perdessem sua VIDA. Tudo por conta de uma INSANIDADE TOTAL de poucos governantes Alemães, que achavam que o que eles achavam correto seria também correto para seu país.

  4. Thiago. Says:

    Há muito tempo estou sem postar, mas esse é obrigatório, até para cobrar aquele post especial que você disse que faria prof. George, sobre o julgamento do STF e os livros anti-semitas, o famoso caso Elwanger. Estamos todos, agora mais do que nunca, creio eu, aguardando aquele post.

    As dicussões sobre o tema devem se pautar por uma postura aberta, sem intorelâncias, enfim, com um respeito maior do que o que se deve ter usualmente, pois ambos os lados, os antisemitas (sabemos que existem) e os outros, no qual me incluo, que defendem a exclusão de rótulos, e o reparo que a guerra causou a tantas pessoas.

    Sem “hate Speech”.

    Enfim, cadê o post George?

    GRANDE ABRAÇO.

    Thiago.

  5. Samuel Martins Santos Says:

    Salve!

    Domenico Losurdo escreveu que no século XXI o totalitarismo surgiria sob a forma de um regime democrático, nas Origens do Totalitarismo Hannah Arendt fica 2/3 do livro delineando a composição do discurso totalitário, isto é, os grandes projetos políticos surgem da política em sentido strictu, seja no aspecto negativo, no qual, lamentavelmente, o discurso do Sr. Luciano se aproxima, ou no aspecto positivo, na importante resistência apresentada pelo George.

    A palavra é esta: RESISTÊNCIA pela garantia e efetivação dos direitos fundamentais.

    Ab.

    Samuel

  6. Rodrigo Says:

    Pelo que vi, e lí, os judeus acham que tanto faz terem morrido 100 mil ou 5 milhões, mas o que importa é a intenção. Pergunto uma coisa: os palestinos também terão um memorial em Tel Aviv sobre o holocausto que sofrem hoje? Porque o estudo revisionista é uma coisa tão assustadora para os judeus? Porque?

    • Laura Lobo Says:

      Boa Rodrigo!!! os Judeus até hoje se fazem de coitadinhos para fazer esquecer que êles condenaram JESÚS DE NAZARÉ e o entregaram aos romanos para que o barbarizasse e matassem. Se não acreditavam Nêle, não acreditasse, mas precisava persegui-Lo até ve-Lo morto? Agora a persaeguição é em cima dos Palestinos. Não dou apoi à esse povo que discrimina, humilha e até mata, tipo esses skin reds e outras tantas facções neonazistas, mas que os judeus não são flor que se cheire, isso não são mesmo!!!

    • Blondie Says:

      I’m not easily iprmeessd. . . but that’s impressing me! :)

  7. marcio Says:

    vcs estao todos loucos!!!!!!!!!!!!!!

  8. ALEXANDRE Says:

    Hitler poderia hoje ser um homem santo,veio do nada,lutou nas trincheiras horríveis da primeira grande guerra.Viu muita coisas imundas,pela sua esperiência de vida.Reorganizou o país,trazendo o orgulho para seus compatriotas.Mas esse sucesso tinha seu preço,o sangue dos alemães e de todos os envolvidos na segunda guerra mundial.Hoje vemos pela National Geograph,num programa chamado Redescobrindo a segunda guerra,coisas que não sabíamos até uns anos atrás…Campos de concentração americano para os japoneses…A ideologia nazista tinha admiradores em toda a Europa,na Inglaterra tinha seus seguidores,Espanha,Italia,Hungria…e por aí vai.O ranso da arrogância já vem no sangue dos europeus,os nazistas apenas levantaram a bandeira.Os europeus,americanos odeiam os negros,os asiáticos,a imensa população da América Latina,para eles todos nós somos lixos,muitos só vem ao Brasil,motivados pelas nossas prostitutas boazudas,que enfeitiçam os gringos com o seus imensos rabos e também pela nossa vergonhosa prostituição infantil.Dá pra imaginar que o Mickael Jackson na época dos Jacksons Five,achava que o Brasil,era que nem as savanas africanas,com elefantes a andar nas ruas,O Charles Bronson uma vez disse para o Amauri Junior que nunca ouviu falar e nem sabia a onde ficava o Brasil.Poderíamos ficar anos,conversando sobre racismo, é muita informação,veja vocês o que o rei da Espanha fez com o Chaves,mandando se calar na cara dura.Os judeus,serão sempre um povo sem Pátria,talvez seja uma maldição da época de Moisés,um povo rebelde que enquanto era feito os dez mandamentos,para servir de lei para a humanidade,o povão fazendo uma tremenda orgia regada a vinho ea putaria.Acho que foi um desrespeito a Deus pelos anos de cativeiro no Egito.A gente se pergunta será que o Bin Landen é mesmo um malvadão?Sadam Hussein era aliado dos americanos na guerra Irã X Iraque…Se Hitler tivesse feito sua ideologia na moral,baseando-se no amor a pátria.Fazendo o povo acreditar que era uma raça perfeita e todos nós somos,pois somos filhos de Deus,todo mundo acabaria copiando a ideologia.Omundo vive sempre na tendência.Hoje os aliados lutam com um inimigo sem rosto,ninguém sabe aonde será feito o próximo atentado.A guerra já acabou,por que o Obama não retira suas tropas e deixa o povo se auto conduzir?A China é que está certa?Por que ninguém se mete com ela?Os chineses empregam mão de obra quase escrava,viola direitos humanos é sabido por todos de sua enorme contribuição a poluição do meio ambiente.Mas e aí?Pra cada 1 soldado aliado,há uns trezentos chineses,e aí vai encarar?A segunda guerra foi uma guerra do plebiscito,sobre o que viver,se a ideologia de Hitler,muito impiedosa,ou o monstro do consumismo capitalista,e o povo escolheu,hoje todos pagam,vejam o desespero dos ambientalistas com o HOLOCAUSTO CLIMATICO.Hitler poderia fazer a diferença,hoje o que vemos… favelas no mundo inteiro,os jovens repudiam o serviço militar,preferem trabalhar para o tráfico,jovens se prostituindo,os valores familiares não existem mais,é pais que colocam os filhos na escola para se ver livre deles e ainda achando que a escola é que tem de educá-los.O mundo após guerra virou essa baderna,desde os anos 60 até hoje só existe decepção.Algumas cenas lindas como a de nosso saudoso SENNA levando a bandeirinha do Brasil enaltecendo a Pátria nunca mais veremos,como o REI PELÉ colocando a bola na rede,hoje nossos jovens preferem amar o BABACA do Maradona do que reverenciar o REI PELÉ desprezando tudo o que o rei fez pelo país.O nazismo ensinou a todos nós que mesmo uma nação detonada pelo tratado de Versalhes pode fazer o que quiser,basta ver que comparando o tamanho do Brasil com a da Alemanha,o Brasil dá umas 4 ou 5 Alemanhas,os homens fizeram um puta estrago.Imagina se no Brasil,tão desprezado pelo seu próprio povo faria se tivessem homens nacionalistas?Nós conquistarímos o mundo.Aqui tem tudo,Petróleo,água,é um país maravilhoso,ah que saber …. nós somos a raça superior.O povo brasileiro,um dia chegaremos lá.Sem guerra,na moral.Paz a todos os homens de boa vontade.

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: