Atualizações

by
Fiz algumas atualizações nos últimos posts. Ei-las:

Dano moral tarifado
: fiz um “upgrade” defendendo a inconstitucionalidade do meu projeto de projeto de lei

“Marbury vs. Madison” brasileiro
: acrescentei a sentença histórica do juiz federal Henrique Vaz na íntegra (clique aqui)

Primeira ADPF: acrescentei a petição inicial elaborada pelo Leonardo (clique aqui)

Palestra: acrescentei o slide da palestra sobre ADPF (clique aqui – via rapidshare)

Anúncios

4 Respostas to “Atualizações”

  1. EDILAINE MOTTA Says:

    GOSTARIA DE SABER COMO VER AS RESPOSTAS DO PESSOAL DEIXADA
    NO SITE???
    OBRIGADA
    EDILAINE

  2. luciene rosa Says:

    meu filho tem esta doensa e nao tenho conticao de paga um ativogado o gue faço socoro

    • Armine Says:

      Karen Polaz disse:Oi, Julio, tudo bem?Obrigada pelo seu comente1rio.Mas ne3o, ne3o cnodorco com sua observae7e3o final. O que eu quis dizer com responsabilizar hormf4nios e natureza e9 que as pessoas tendem a naturalizar muitos comportamentos que se3o socialmente construeddos, e daed fica muito mais fe1cil dizer: ah, espancou a mulher? c9 porque e9 muita testosterona junta! , estuprou a amiga que estava beabada? Ah, mas homem e9 assim mesmo, e9 da natureza deles! e coisas do tipo. He1 outros infamero exemplos disso, que ne3o se3o te3o extremos e evidentes como esses que eu citei, mas que sf3 fazem jogar a culpa dos problemas de violeancia, mas tambe9m dos problemas de outras ordens, para a natureza biolf3gica e, quando se trata de natureza, ne3o he1 muito como nos mobilizarmos para mudane7as, ne9? E, de fato, ne3o e9 possedvel separarmos o que e9 biolf3gico e o que e9 social, pois mulheres e homens sf3 se constituem seres humanos por nascerem em uma sociedade (comunidade, tribo etc, o nome ne3o importa). Essa e9 uma longa discusse3o nas Cieancias Sociais. Nf3s je1 nascemos aprendendo a viver em sociedade e as desigualdades socias sf3 se3o produzidas e re-produzidas em sociedade, ne3o de maneira isolada. A diferene7a educacional je1 aparece bem nedtida entre meninas e meninos, mesmo que seus corpos ainda sejam bastante parecidos, isso le1 pelos 3, 4 anos. Por isso que ne3o faz muito sentido entender, primeiro, os condicionantes biolf3gicos/naturais/hormonais sobre os quais a educae7e3o foi construedda , porque e9 impossedvel isolar o que e9 biolf3gico do que e9 social ne3o tem como saber mesmo. c9 o mesmo que falar que, dentre os humanos, a me3o direita e9 biologicamente mais apta que a me3o esquerda, sendo que elas se3o iguais e, desde que somos criancinhas, nossos pais e professores se esfore7am para que o le1pis esteja sempre na me3o direita. Ne3o faz sentido, entende?Por isso que os estudos sobre a educae7e3o dos sentidos se3o muito importantes. Eles apontam para as micro-geaneses dessas desigualdades sociais, que sf3 se3o construeddas (e sf3 podem ser construeddas) coletivamente.c9 isso, espero que eu tenha sido mais clara agora!

  3. luciene rosa Says:

    meu filho tem esta doença e nao tenho contiçaõ de paga um ativogado o gue faço socoro//

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: